top of page

Narrativas da violência em São Paulo





André Martins, pesquisador do Laboratório de Gestão de Políticas Penais (LabGEPEN/Unb), publicou artigo inédito no Portal Fonte Segura, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O pesquisador refletiu sobre a violência policial em São Paulo.



Acesse o artigo.


“Somente no primeiro bimestre de 2024, o Gaesp (Grupo de Atuação Especial da Segurança Pública e Controle Externo da Atividade Policial) apontou um aumento de 94% no número de mortes pela PM no estado de São Paulo. A Operação Verão, na Baixada Santista, também motivada pela morte de um agente policial, parece ter um papel relevante no aumento desses números. Apenas no período de 3 a 15 de março, 47 mortes por PMs foram contabilizadas na Baixada Santista, de acordo com o portal G1. A resposta do governador a respeito da crescente letalidade policial na Baixada Santista foi: “E aí o pessoal pode ir na ONU, pode ir na Liga da Justiça, no raio que o parta, que eu não tô nem aí” (G1, 2024). A fala do governador, apesar de irresponsável, pode representar parte da opinião popular que é ensinada a legitimar a violência institucional.”


Comments


bottom of page