Familiares de pessoas presas é tema de webinário com LabGEPEN e TV Falange

Atualizado: 13 de Dez de 2020


A situação dos familiares de pessoas presas, que enfrentam desafios para apoiarem os entes queridos em privação de liberdade enquanto sofrem estigmas e dificuldades impostas pelas engrenagens estatais, é tema do décimo primeiro webinário promovido pelo LabGEPEN em parceria com a Falange TV (YouTube). O webinário ‘Familiares das pessoas presas: entre estigmas e engrenagens do Estado penal’ será nesta terça-feira (15/12), a partir das 19h.


Às 19h: acesso ao curta https://youtu.be/b80BKlk8KgI
Em seguida: link para acesso ao debate https://youtu.be/SPpLScNh4mE

O encontro virtual terá a exibição do curta ‘Mães de apenados: estigma e sacrifício’, produzido pela Falange TV para a série Retratos do Cárcere. A exibição será seguida de conversa com os diretores Tatiana Sager e Renato Dornelles, além da presidente da Frente dos Coletivos Carcerários do Rio Grande do Sul e membro da Agenda Nacional pelo Desencarceramento, Lisiane Pires, e da integrante do LabGEPEN e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Juliana Melo.


Vinculado ao Departamento de Políticas Públicas da Universidade de Brasília, o LabGEPEN promove webinários desde 2018 como forma de aproximar o debate acadêmico da experiência prática com os temas mais atuais no campo penal. Os encontros foram pensandos, ainda, como forma de conectar a rede de especialistas que integram o LabGEPEN espalhada no Brasil e no exterior, além de permitir o diálogo entre o laboratório a pessoas interessadas na temática.


Saiba mais sobre os participantes do 11º Webinário do LabGEPEN em parceria com a TV Falange


Tatiana Sager

Sócia-diretora da Panda Filmes e da Falange Produções. Jornalista, diretora e produtora cinematográfica. Seu primeiro longa-metragem como diretora foi o documentário Central - o Poder das Facções no Maior Presídio do Brasil, premiado internacionalmente e 3º documentário mais assistido no cinema brasileiro em 2017. Dirigiu também o longa metragem Olha Pra Elas, a série documental Retratos do Cárcere, que estreou em agosto na TV brasileira, e outras obras premiadas no Brasil e internacionalmente. Como produtora, participou de quinze filmes e quatro séries de televisão.


Renato Dornelles

Jornalista, escritor, roteirista, produtor, sócio-diretor da editora/produtora Falange Produções. Formado em jornalismo pela PUC-RS em 1986, trabalhou durante 33 anos em órgãos de imprensa. No cinema, codirigiu e roteirizou o premiado longa-metragem Central, realizado em 2016. Foi roteirista também da série documental de TV Retratos do Cárcere e do curta-metragem “O Poder entre as Grades”, dirigido por Tatiana Sager, baseado no livro Falange Gaúcha, de sua autoria e do documentário em longa-metragem Olha pra Elas, vencedor do prêmio Work in Progress no Florianópolis Audiovisual Mercosul em setembro de 2020. É autor também do romance A Cor da Esperança, lançado em 2019.


Lisiane Pires

Empreendedora social, Coordenadora do Núcleo de Ação Social de Bento Gonçalves RS, presidente da Frente dos Coletivos Carcerários do RS, presidente da Comissão Carcerária de Bento Gonçalves RS " comissão pioneira no trabalho com familiares e egressos ", membro da Frente pelo desenvolvimento RS e membro da Agenda Nacional pelo Desencarceramento.


Juliana Melo

Professora no Departamento de Antropologia e Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Foi coordenadora do Curso de Ciências Sociais da UFRN em 2018 e atualmente é vice-coordenadora do Grupo de Pesquisa CIRS- Cultura, Identidade e Representações Simbólicas, onde fomenta a Linha de Pesquisa: Cidade, violência e direitos. É pesquisadora vinculada ao INEAC/INCT, do Laboratório de Gestão de Políticas Penais (LabGEPEN), do OBVIO (Observatório da Violência). É autora, assim como outros integrantes (professores e alunos), do Pedido de Medidas Cautelares encaminhado para a OEA após o Massacre em Alcaçuz (2017).


Sobre a Falange TV

Aliar o combate a todas as formas de violência e preconceito à garantia de preservação dos Direitos Humanos e da cidadania é um desafio cada vez mais presente na sociedade. A Falange TV surge com o propósito de apresentar e debater questões relacionadas a esses temas, a partir de entrevistas e depoimentos de autoridades do sistema jurídico criminal, especialistas, membros da Academia e personagens de histórias reais. A Falange TV é um novo produto da Falange Produções, que tem como sócios os jornalistas Renato Dornelles e Tatiana Sager.


Sobre o LabGEPEN

O Laboratório de Gestão de Políticas Penais, que integra o Departamento de Gestão de Políticas Públicas da Universidade de Brasília, tem por objetivo incidir na produção e disseminação de conhecimento, formação acadêmica e profissional, extensão universitária, comunicação, formulação de políticas e implementação de propostas que possam contribuir na revisão, delimitação e estruturação da política penal com base no Estado Democrático de Direito e nos Direitos Humanos.